Spcine homenageia Hector Babenco com filmografia do cineasta

Guilherme MarianoDestaqueLeave a Comment

Hector Babenco, que nasceu na Argentina e construiu sua carreira cinematográfica no Brasil, é foco de homenagem da Spcine a partir de 7 de fevereiro, data em que completaria 73 anos. Duas ações especiais serão realizadas em paralelo para comemorar a efeméride.

A primeira é a exibição da cópia restaurada de “Pixote – A lei do mais fraco” (1981) em sete das 20 salas do Circuito Spcine. As sessões começam em 9/2, na Spcine Paulo Emilio, no Centro Cultural São Paulo, e terminam em 27/2 na Spcine Três Lagos, no CEU homônimo. Confira a programação detalhada no serviço.

O filme acompanha o drama de Pixote, um garoto abandonado pelos pais que foge do reformatório e rouba para viver nas ruas. Apesar dos seus 11 anos, vira traficante de drogas, cafetão e até assassino. O longa ganhou uma indicação ao Globo de Ouro e um prêmio no Festival de Locarno.

A Spcine Play é responsável pela outra parte da homenagem ao cineasta. A partir de 7 de fevereiro, a plataforma de streaming da empresa paulistana estreia em seu catálogo sete obras clássicas do diretor. São elas: “O Rei da Noite” (1975), “Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia” (1977), “O Beijo da Mulher Aranha” (1985), “Brincando nos Campos do Senhor” (1990),“Coração Iluminado” (1998), “Carandiru” (2003) e “O Passado”(2007).

“Babenco foi um mestre ao dar vida a personagens que se confundem com a realidade do Brasil, que problematizam nossas questões, que chamam a atenção do espectador por suas imperfeições e complexidade. É um grande prazer homenageá-lo com esses especiais, sobretudo com essa coleção de filmes que resume tão bem sua carreira”, afirma Mauricio Andrade Ramos, diretor-presidente da Spcine.

SERVIÇO

  • Exibição de cópia restaurada de “Pixote – A lei do mais fraco” no Circuito Spcine

Sala Paulo Emilio (Centro Cultural São Paulo): 9/2, às 17h | Sala Spcine Olido: 12/2, às 19h | Sala Spcine Aricanduva: 13/2, às 19h30 | Sala Spcine Perus: 13/2, às 19h30 | Sala Spcine Paulo Emilio (Centro Cultural São Paulo): 15/2, às 19h30 | Sala Spcine Roberto Santos: 16/2, às 17h | Sala Spcine Paz: 20/2, às 19h30| Sala Spcine Olido: 23/2, às 17h | Sala Spcine Três Lagos: 27/2, às 19h30.

  • Hector Babenco na Spcine Play

Títulos disponíveis a partir de 7/fev

Locação: R$ 3,99

O Rei da Noite

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 1975 | 18 anos | 98′

Elenco: Marília Pêra, Cristina Pereira, Paulo José, Yara Amaral, Vick Mitello, Márcia Real, Isadora de Faria

São Paulo, 1920. O jovem Tezinho namora Aninha, sua primeira paixão. Mas ela é obrigada a viajar para cuidar de sua frágil saúde. Inicia-se uma troca de correspondências para o resto da vida. Longe de Aninha, frequenta a vida boêmia, mantendo um intenso caso com Pupi, cantora de cabaré estrangeira, que o sustenta. Agora ele é o rei da noite. Outras mulheres passarão pelas mãos deste bon vivant. Tezinho terá todas e não terá nenhuma.

Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 1977 | 18 anos | 125′

Elenco: Reginaldo Farias, Ana Maria Magalhães, Milton Gonçalves, Paulo Cesar Pereio, Ivan Cândido, Grande Othelo

O filme relata a trajetória do criminoso Lúcio Flávio, famoso bandido da década de 1970 que se tornou nacionalmente conhecido pelos roubos a banco e fugas espetaculares, embora alguns fatos apresentados no filme sejam diferentes em relação aos acontecimentos reais vividos por ele. Visto por mais de 5 milhões de espectadores no seu lançamento.

O Beijo da Mulher Aranha

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 1985 | 18 anos | 130′

Elenco: William Hurt, Raul Julia, Sonia Braga, José Lewgoy, Milton Gonçalves, Miriam Pires, Nuno Leal Maia, Fernando Torres, Patrício Bisso, Herson Capri, Antônio Petrin, Miguel Falabela, Claudio Curi

Esta produção representou um marco na emergência do cinema brasileiro no cenário internacional, além de ter sido a obra que lançou Sonia Braga no exterior. Falado em inglês, é brilhantemente protagonizado por William Hurt, vencedor do Oscar pelo papel de um presidiário que se alimenta dos antigos filmes de Hollwyood. Ele é Molina, um homossexual que divide cela com Valentim (Raul Julia), revolucionário que foi gravemente ferido pelos carcereiros. Molina tenta mantê-lo vivo por meio de suas histórias fantásticas em que mistura fatos reais com trechos de filmes.

Brincando nos Campos do Senhor

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 1990 | 16 anos | 186′

Elenco: John Lithgow, Tom Berenger, Daryl Hannah, Aidan Quinn, Tom Waits

Casal de missionários chega à Amazônia para catequizar uma tribo de índios. Ao mesmo tempo, dois aventureiros que estão de passagem pelo local são forçados pelo governo a bombardear a aldeia. Mas o sangue índio que corre nas veias de um deles ameaça a missão. Baseado no romance de Peter Mathiessen.

Coração Iluminado

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 1998 | 18 anos | 130′

Elenco: Miguel Ángel Solá, Maria Luísa Mendonça, Walter Queiroz, Xuxa Lopes, Norma Aleandro, Villanueva Cosse, Oscar Ferrigno Jr.

Um amor interrompido pela suposta morte da amante vem à tona quando Juan retorna ao lugar onde a paixão por Ana se iniciara. Lá chegando descobre que Ana está viva e casada, vai ao encontro e, no caminho, conhece Lilith, aumentando a lembrança da antiga paixão. Seleção oficial no Festival de Cannes em 1998.

Carandiru

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 2003 | 16 anos | 145′

Elenco: Rodrigo Santoro, Maria Luisa Mendonça, Wagner Moura, Lázaro Ramos, Caio Blat, Luiz Carlos Vasconcelos, Milton Gonçalves, Ivan de Almeida , Ailton Graça, Aida Leiner, Rita Cadillac, Gero Camilo, Júlia Ianina, Sabrina Greve, Floriano Peixoto

Um médico se oferece para realizar um trabalho de prevenção a AIDS no maior presídio da América Latina, o Carandiru. Histórias de crime, vingança, amor e amizade vêm à tona. Baseado no livro de Drauzio Varela. Seleção oficial no Festival de Cannes em 2003.

O Passado

Dir.: Hector Babenco | Drama | Ano: 2007 | 16 anos | 114′

Elenco: Gael Garcia Bernal, Analía Couceyro, Mimí Ardú, Moro Anghileri

A história de Rimini e Sofia, dois adolescentes que se casam, ficam juntos por 12 anos e resolvem se separar. A partir daí, Rimini tenta recomeçar sua vida, mas a presença constante de Sofia irá provocar pequenas tragédias. Baseado no romance de Alan Pauls.

Compartilhe

Deixe uma resposta