PROGRAMAÇÃO CINECLUBE SPCINE

SpcineNotíciasLeave a Comment

 

 

 

Confira as atrações do mês de fevereiro

 

CINECLUBE CASA DE CULTURA DO BUTANTÃ

ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR

07.02 às 18h20 

DEMOCRACIA EM VERTIGEM

21/02 às 19:00 

TRANSCRIAR

19/02 às 18:20 

 

CINECLUBE CASA DE CULTURA GUAIANASES

HISTORIETAS ASSOMBRADAS (para Crianças Malcriadas),

20.02 às 14h00

 

CINECLUBE CENTRO CULTURAL DA PENHA

AQUARIUS

13.02 às 19h30 

 

CINECLUBE CASA DE CULTURA SÃO MATEUS

AS HIPER MULHERES

08.02 às 14h30 

 

CINECLUBE CENTRO CULTURAL  GRAJAÚ

CORPO ELÉTRICO 

13.02 às 19h00

DOC. ‘QUEM TE PENTEIA?’

20.02 às 18h00

 

CINECLUBE CENTRO DE CULTURAS NEGRAS MÃE SYLVIA DE OXALÁ

PERIFERICU 

08.02 às 15h00

 

CINECLUBE CASA DE CULTURA PARELHEIROS 

BENZINHO

08.02 às 17h00

ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR

19.02 às 19h30

BACURAU

26.02 às 19h30

 

CINECLUBE CASA DE CULTURA DO CAMPO LIMPO 

QUASE SAMBA 

27.02 às 19h00 

 

CINECLUBE CASA DE CULTURA DO M’BOI MIRIM  

ERA O HOTEL CAMBRIDGE (ELIANE CAFFÉ)

09.02 às 16h00

 

CINECLUBE DA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO E CONTAS PÚBLICAS

ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR

15.02 às 15H30

A VIDA PRIVADA DOS HIPOPOTAMOS

29.02 às 15h30

CINECLUBE CASA DE CULTURA SANTO AMARO

QUASE SAMBA
21.02 às 18h00
 



Fichas técnicas e sinopses

 

ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR  de Marcelo Gomes BRASIL | 2019 | documentário Lançamento: 11 de julho 

A cidade de Toritama é um microcosmo do capitalismo implacável: a cada ano, mais de 20 milhões de jeans são produzidos em fábricas de fundo de quintal. Os moradores trabalham sem parar, orgulhosos de serem os donos do seu próprio tempo. Durante o Carnaval – o único momento de lazer do ano -, eles transgridem a lógica da acumulação de bens, vendem seus pertences sem arrependimentos e fogem para as praias em busca de uma felicidade efêmera. Quando chega a Quarta-feira de Cinzas, um novo ciclo de trabalho começa. 

 

DEMOCRACIA EM VERTIGEM de Petra Costa. Brasil, 2019| | 2h 1min| Documentário

Não indicado para menores de 12 anos

Documentário sobre o golpe sofrido pela ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que foi considerado como um dos reflexos da polarização política e da ascensão da extrema-direita para o poder. O filme conta com imagens internas e exclusivas dos bastidores do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e do Palácio da Alvorada, enquanto ocorria a votação para a queda de Dilma.

 

AQUARIUS, de Kleber Mendonça Filho

Brasil, 2016, 145’ | Drama, Suspense | Arquivo Digital | Original 2D

Com Sônia Braga, Maeve Jinkings, Irandhir Santos

 

Não indicado para menores de 16 anos

Clara (Sonia Braga) tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora em um apartamento localizado na Av. Boa Viagem, no Recife, onde criou seus filhos e viveu boa parte de sua vida. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia.

 

JONAS E O CIRCO SEM LONA, de Paula Gomes

Brasil, 2015, 81′ | Documentário | Arquivo Digital | Original 2D

Com Jonas Laborda, Wilma Macedo, Neide Silva, Wanderson Silva, Micael Nunes, Ian Laborda, Gutinho Silva, Mateus Lima, Ana Paula Araújo.

 

Classificação indicativa: Livre

Jonas tem 13 anos e seu sonho é manter vivo o circo que ele mesmo criou no quintal de casa. Enquanto luta por isso, Jonas vai atravessar a grande aventura de crescer.

 

AS HIPER MULHERES, de Carlos Fausto, Leonardo Sette, Takumã Kuikuro

Brasil, 2013, 80’ | Documentário | Arquivo Digital | Original 2D

Com Kanu Kuikuro, Aula Kuikuro

 

Não indicado para menores de 10 anos

Temendo a morte da esposa idosa, um velho pede que seu sobrinho realize o Jamurikumalu, o maior ritual feminino do Alto Xingu (MT), para que ela possa cantar uma última vez. As mulheres do grupo começam os ensaios enquanto a única cantora que de fato sabe todas as músicas se encontra gravemente doente.

 

CORPO ELÉTRICO 

2017 / 1h 34min / Drama

Direção: Marcelo Caetano

Elenco: Kelner MacêdoLucas AndradeWelket Bungué

Nacionalidade Brasil

 

Não recomendado para menores de 16 anos

Elias (Kelner Macêdo) é assistente numa confecção de roupas no centro de São Paulo. Ele mantém pouco contato com a família na Paraíba e passa seus dias entre os tecidos do trabalho e encontros com homens. O fim do ano traz reflexões sobre possibilidades de futuro, reconexões com o passado e muitas horas extras, que acabam por aproximá-lo dos colegas da fábrica e consequentemente inseri-lo em novos círculos de amizade e cenários.

 

‘QUEM TE PENTEIA ?’

 

Não recomendado para menores de 16 anos

Filme realizado em casas e vielas de bairros da periferia de São Paulo com a intenção de traduzir qual é a relação que trançadeiras a domicílio, salões de beleza, barbearias e moradores das quebradas estabelecem com o cabelo, o território e as estéticas que nascem das bordas da cidade. Do corte chavoso às tranças, o documentário discute assuntos como ancestralidade, autoestima e economia solidária. O fio condutor é a busca constante de ser e viver a identidade preta e periférica da forma mais livre possível.



PERIFERICU

Perifericu de Nay Mendl, Rosa Caldeira, Stheffany Fernanda e Vita Pereira

Brasil, 2020, 20’ | Ficção | Exibição em digital |

 

Não indicado para menores de 14 anos
Denise e Luz cresceram no meio de canções de rap, louvores de igreja e passos de vogue. Da ponte para cá, é preciso aprender que o primeiro princípio para poder acessar a cidade é estar viva.



RAÍZES

Raízes de Simone Nascimento e Wellington Amorim

Brasil, 2020, 72′ | Documentário | Exibição em digital |

 

Classificação livre

Em busca de suas raízes, Kelton resgata a ancestralidade de sua família e se depara com o apagamento da história do povo negro no Brasil.



ERA O HOTEL CAMBRIDGE de Eliane Caffé 

Brasil, 2016, 93’ | Ficção | Exibição em digital |

com Zé Dumont, Suely Franco e Carmen Silva

 

Não recomendado para menores de 12 anos
O longa narra a trajetória de refugiados recém-chegados ao Brasil que, juntos com trabalhadores sem-teto, ocupam um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Em meio à tensão diária da ameaça do despejo, revelam-se dramas, situações cômicas e diferentes visões de mundo.

 

BACURAU, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Brasil/França, 2019, 132’ | Drama, Suspense, Faroeste | Arquivo Digital | Original 2D

Com Sonia Braga, Udo Kier, Bárbara Colen, Thomás Aquino, Silvero Pereira

 

Não indicado para menores de 16 anos

Num futuro próximo, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

 

BENZINHO, de Gustavo Pizzi

Brasil-Uruguai, 2018, 97′ | Ficção

 

Não indicado para menores de 10 anos

Irene (Karine Teles) mora com o marido Klaus (Otávio Müller) e seus quatro filhos. Ela está terminando os estudos enquanto se desdobra para complementar a renda da casa e ajudar a irmã Sônia (Adriana Esteves). Mas quando seu primogênito Fernando (Konstantinos Sarris) é convidado para jogar handebol na Alemanha, ela terá poucos dias para superar a ansiedade e ganhar forças antes de mandar seu filho para o mundo.



NATAL DA PORTELA, de Paulo César Saraceni

Brasil, 1988, 100’ | Drama, Biografia 

 

Não indicado para menores de 18 anos

Biografia de Natalino José do Nascimento, mais conhecido como Natal da Portela, um maquinista de trem que acabou perdendo um de seus braços em um acidente de trabalho, tornando-se, anos depois, um dos maiores banqueiros do ilegal jogo do bicho na cidade do Rio de Janeiro, atividade que lhe conferiu a alcunha de “Rei de Madureira” e que lhe rendeu a chance de ser o patrono oficial da Escola de Samba da Portela.



ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR, de Marcelo Gomes

Brasil, 2019, 86′ | Documentário 

 

Não indicado para menores de 10 anos

A cidade de Toritama é um microcosmo do capitalismo implacável: a cada ano, mais de 20 milhões de jeans são produzidos em fábricas de fundo de quintal.  Os moradores trabalham sem parar, orgulhosos de serem os donos do seu próprio tempo. Durante o Carnaval – o único momento de lazer do ano -, eles transgridem a lógica da acumulação de bens, vendem seus pertences sem arrependimentos e fogem para as praias em busca de uma felicidade efêmera. Quando chega a Quarta-feira de Cinzas, um novo ciclo de trabalho começa.

 

QUASE SAMBA

11 de junho de 2015 / 1h 22min / Drama

Direção: Ricardo Targino

Elenco: Mariene de Castro, João Baldasserini, Otto

 

Não recomendado para menores de 16 anos

Teresa (Mariene de Castro) é uma cantora de samba, que mora na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Mãe solteira de um filho pequeno, ela está grávida do segundo filho, e luta para sustentar a família. Dois homens aparecem em sua vida: o primeiro é o antigo namorado, um policial grosseiro e violento (Otto), e o segundo é um jovem atencioso (João Baldasserini), disposto a assumir a paternidade do futuro bebê. Enquanto o coração de Teresa se divide, ela conta com a ajuda do melhor amigo (Cadu Fávero).

 

 

ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR, de Marcelo Gomes

Brasil/2019, 86’ | Documentário | BD

 

Livre

A cidade de Toritama é um microcosmo do capitalismo implacável: a cada ano, mais de 20 milhões de jeans são produzidos em fábricas de fundo de quintal.  Os moradores trabalham sem parar, orgulhosos de serem os donos do seu próprio tempo. Durante o Carnaval – o único momento de lazer do ano -, eles transgridem a lógica da acumulação de bens, vendem seus pertences sem arrependimentos e fogem para as praias em busca de uma felicidade efêmera. Quando chega a Quarta-feira de Cinzas, um novo ciclo de trabalho começa.



A VIDA PRIVADA DOS HIPOPOTAMOS, de Maíra Bühler, Matias Mariani

Brasil/2014, 92’ | Documentário | BD

 

Não indicado para menores de 10 anos

Um técnico de informática americano e entediado se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês, e uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições. O que seria facilmente a trama de um filme de ficção é a história de Christopher Kirk, preso em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Uma história que ele conta obsessivamente e que pode ter a ver, ou não, com sua prisão.

 

 Endereços

Endereço Casa de Cultura do Butantã: Av. Junta Mizumoto, 13 – Jardim Peri Peri, São Paulo – SP, 05537-070 

 

 Casa de Cultura Guaianases

  1. Castelo de Leça, s/n – Jardim Soares | Fone: (11) 2016-1961

 

Casa de Cultura Hip Hop Leste

  1. Sara Kubitscheck, 165 A – Cidade Tiradentes | Fone: (11) 3333-4896

 

Centro Cultural da Penha

Endereço: Largo do Rosário, 20 – Penha de França | Fone: (11) 2295-0401

 

Casa de Cultura São Mateus

Rua Monte Mandirá, 40 – Jardim Nove de Julho | Fone: (11) 3793-1054

 

CCN- Centro de Culturas Negras – Mãe Sylvia de Oxalá

Endereço: R. Arsênio Tavolieri, 45 – Jabaquara, São Paulo – SP, 04321-030

 

Centro Cultural Grajaú – Palhaço Carequinha 

Endereço: R. Prof. Oscár Barreto Filho, 252 – Parque America, São Paulo – SP, 04822-230

 

Casa de Cultura de Parelheiros:

Endereço: R. Nazle Mauad Lutfi, 169 – Parque Tamari, São Paulo – SP, 04891-020

 

Casa de Cultura Hip Hop Sul

Endereço: Rua Sant’Ana, 201 – Vila Sao Pedro, São Paulo – SP, 04676-110

 

Casa de Cultura do Campo Limpo

Endereço: R. Aroldo de Azevedo, 100 – Jardim Bom Refugio, São Paulo – SP, 05576-100

Tel:  (11) 5841-8164

 

Casa de Cultura, Santo Amaro 

  1. Aroldo de Azevedo, 100, Jardim Bom Refugio, São Paulo

Tel: (11) 5522-8897

 

Casa de cultura M’Boi Mirim

Av. Inácio Dias da Silva, s/nº – Piraporinha, São Paulo – SP, 04913-180

 

Escola Superior de Gestão e Contas Públicas 

Av. Professor Ascendino Reis, 1130 – Vila Clementino – São Paulo – SP – 04027-000





 

Compartilhe

Deixe uma resposta