Programa de Investimento: Aprovados na linha de distribuição

spcineNotícias, Programa de Investimento0 Comments

A Spcine divulga lista das produções contempladas na Linha 2: Distribuição de Longas-Metragens. São 12 filmes no total, nos quais uma animação, quatro documentários e sete ficções. O valor do investimento é de R$ 2,35 milhões.

As distribuidoras que venceram o edital são Vitrine, Pandora, Europa, O2 Play, Paris e Elo Company. As três primeiras receberam R$ 500 mil cada; a O2 Play, R$ 450 mil; e as duas últimas, R$ 200 mil cada. Conforme o contrato, elas podiam inscrever até três produções.

A seleção dos projetos se deu a partir da análise de desempenho comercial dos filmes paulistas lançados nos cinemas pelas empresas proponentes em 2014 e 2015.

Segue a relação completa dos filmes de acordo com a distribuidora.

Distribuidora: Vitrine
Investimento da Spcine: R$ 500 mil

Filme: Mãe só há uma
Gênero: Ficção
Produtora: África Filmes
Direção: Anna Muylaert
Investimento da Spcine: R$ 300 mil

Sinopse: Pierre descobre que sua família não é biológica quando a polícia prende sua mãe. Confuso, ele vai atrás de seus parentes verdadeiros, que o conhecem como Felipe, e a nova realidade faz com que o rapaz encontre finalmente sua real identidade.

Filme: Era o Hotel Cambridge
Gênero: Ficção
Produtora: Aurora Filmes
Direção: Eliane Caffé
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Sinopse: No Hotel Cambridge, hoje um velho edifício ocupado do centro de São Paulo, refugiados e trabalhadores sem-teto vivem em contagem regressiva diante da ameaça de despejo.

Distribuidora: Pandora
Investimento da Spcine: R$ 500 mil

Filme: Eu te levo
Gênero: Ficção
Produtora: Filmes Mais
Direção: Marcelo Muller
Investimento da Spcine: R$ 170 mil

Sinopse: Rogério é um sujeito calado que ainda mora com a mãe, Marta, em Jundiaí, uma cidade industrial do interior de São Paulo. Seu pai acaba de falecer, e Rogério é obrigado a cuidar da loja da família, embora não saiba realmente o que quer fazer da sua vida. Meio perdido, ainda de luto, acredita que a solução para os seus problemas é ir atrás de um velho sonho de infância: ser bombeiro. Enquanto cursa, escondido, uma escola preparatória para os exames do concurso da corporação, as viagens diárias entre Jundiaí e São Paulo o aproximam cada vez mais de Cris, seu vizinho, que vive uma crise parecida com a dele. Entre mentiras, falta de comunicação e muitas dúvidas, Rogério luta para amadurecer.

Filme: Blitz
Gênero: Ficção
Produtora: Kinoosfera
Direção: Rene Brasil
Investimento da Spcine: R$ 140 mil

Sinopse: Cabo Rosinha está sendo acusado de ter matado um menino durante uma Blitz em um colégio. Sua esposa, confusa e atordoada, tenta descobrir a verdade sobre o ocorrido. Enquanto isso, a população está indignada com o caso.

Filme: Por trás do céu
Gênero: Ficção
Produtora: Elixir
Direção: Caio Sóh
Investimento da Spcine: R$ 190 mil

Sinopse: Possuindo uma humilde casa e um jumento, Aparecida e Edivaldo seguem sem ambições, marcados pela violência de um coronel e a miserável condição que os impede de traçar outros caminhos que não o da ida a um canavial, mas sim, descobrir o que tem por trás do céu.

Distribuidora: Europa
Investimento da Spcine: R$ 500 mil

Filme: O clube secreto dos monstros
Gênero: Animação
Produtora: Neoplastique
Direção: Victor Hugo Borges
Investimento da Spcine: R$ 300 mil

Filme: Vazante
Gênero: Ficção
Produtora: Dezenove
Direção: Daniela Thomas
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Sinopse: Primeiro voo solo da premiada diretora Daniela Thomas, Vazante explora a solidão e as relações entre raças e gêneros nas margens do Brasil Colonial.  Brancos, negros nativos e recém-chegados da África sofrem as mazelas derivadas da incomunicabilidade em uma fazenda imponente, na decadente região dos diamantes, em Minas Gerais, no início do século XIX.

Distribuidora: O2 Play
Investimento da Spcine: R$ 450 mil

Filme: Comeback
Gênero: Ficção
Produtora: Rio Bravo
Direção: Erico Rassi
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Sinopse: Amador é um ex-pistoleiro aposentado e relegado ao ostracismo. Solitário e amargurado, coleciona em um álbum os recortes de jornal de seus crimes antigos. Após várias humilhações, ele vai reagir com violência à hostilidade do mundo que o cerca enquanto tenta voltar à ativa

Filme: Sepultura
Gênero: Documentário
Produtora: Interface Filmes
Direção: Otavio Juliano
Investimento da Spcine: R$ 150 mil

Sinopse: O documentário acompanha a trajetória da banda SEPULTURA que rompeu barreiras e tornou-se a mais conhecida banda brasileira no cenário internacional. O Sepultura celebra 30 anos de existência em 2016.

Filme: Do pó da terra
Gênero: Documentário
Produtora: Notorious Films
Direção: Mauricio Nahas
Investimento da Spcine: R$ 100 mil

Sinopse: A resignação dos moradores do Vale do Jequitinhonha vem diretamente do pó da terra que um dia gerou o homem, que um dia transformou miséria em arte. Cada rosto esculpido no barro revela um sulco cavado na pele sofrida destas pessoas que lutam e amam muito o que fazem.

Distribuidora: Paris Filmes
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Filme: Aqualoucos
Gênero: Documentário
Produtora: Paris Produções
Direção: Victor Ribeiro
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Sinopse: O filme conta a história dos atletas-palhaços que saltavam, mergulhavam e faziam fama no antigo Clube de Regatas Tietê. Entre as diversas performances do grupo, se destacavam as com uso de fogo e o salto de helicóptero em movimento, que lhes rendeu o recorde mundial de salto em altura em piscina. Por anos, os Aqualoucos percorreram o Brasil levando alegria, entretenimento e performance para multidões.

Distribuidora: Elo Company
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Filme: Pitanga
Gênero: Documentário
Produtora: Drama Filmes
Direção: Beto Brant e Camila Pitanga
Investimento da Spcine: R$ 200 mil

Sinopse: Com direção de Beto Brant e Camila Pitanga, produção de Renato Ciasca, Pitanga é um filme-documentário de longa-metragem que investigará o percurso estético, político e existencial do ator Antonio Pitanga que, dirigido por grandes cineastas – como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. –, foi destaque no momento de maior inquietação artística do cinema brasileiro, o Cinema Novo. Através de suas interpretações históricas, Pitanga construiu uma narrativa mitológica própria.

Compartilhe

Deixe uma resposta