Edital de Games: conheça os membros do júri

Raul Perezedital, games0 Comments

Em outubro, a Spcine lançou o Edital de Games, primeiro grande investimento municipal (R$ 1,48 milhões) no setor, com foco em projetos de estúdios e de desenvolvedores independentes. O anúncio dos selecionados para a segunda fase acontece até o dia 12 de dezembro.

Isso porque nos dias 17 e 18, a empresa realiza o pitching – defesa oral dos projetos – para um júri qualificado (veja lista de jurados abaixo). No sábado (17/12) , os escolhidos na Linha 1  – Pessoa Física apresentam suas ideias. No domingo (18/12), é a vez dos projetos da Linha 2 – Pessoa Jurídica. O horário e o local ainda serão definidos.

Durante os pitchs, os selecionados terão dez minutos de apresentação do projeto e dez minutos de diálogo com os jurados, totalizando 20 minutos. Esse tempo inclui a preparação de equipamento e material de apresentação ao entrar na sala, então, venham preparados! Para Linha 1, é obrigatória a presença do proponente (pessoa física). Para Linha 2, é obrigatória a presença de um representante do estúdio proponente (pessoa jurídica).

Os projetos serão avaliados por:

Thais Weiller – presidente da Comissão de Jurados

Thais Weiller trabalhou em jogos mobile, PC, browser, com os mais diversos tamanhos e composições de equipe. Defendeu em 2012 sua dissertação de mestrado em Game Design na ECA/USP e foi aprovada, publicando-a em livro em 2014. Seus jogos foram expostos na SXSW (Odallus em 2016) e em três diferentes edições do File SP (Odallus em 2013 e 2014, Oniken em 2014 e Rainy Day em 2016). Foi finalista no BIG Festival 2016 na categoria Melhor Jogo Brasileiro, com o game Jake and Tess’ Finding Monsters Adventure (Black River Studios).

Anita Cavaleiro

Anita Cavaleiro é pesquisadora em Arte e Tecnologia, Jogos Digitais e Ilustração. Mestre em Artes Visuais pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo ­ ECA/USP (2014 ­ 2016), no qual desenvolveu o projeto de pesquisa “Sobre jogos e não­jogos: um estudo sobre curadoria de jogos digitais experimentais”. Concluiu o Bacharelado em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista ­ IA/UNESP (2008­2012), no qual desenvolveu Iniciação Científica com bolsa CNPq, fez parte do Grupo de Pesquisa ” Artemídia Video e Clip”. Trabalhou no FILE ­ Festival Internacional de Linguagem Eletrônica como Curadora do FILE Games Festival (2013­2015) e atualmente é organizador do Indie/camp, encontro mensal dos desenvolvedores de games independentes em Campinas.

Dimitri Kipper

Dimitri Kipper, generalista de game design, iniciou sua carreira na indústria de games em 2012 como assistente de produção do BIG Festival – Brazilian Independent Games Festival. É, desde então, GameMaker Relations do evento: o responsável por estabelecer diálogo com os desenvolvedores participantes de todo o mundo. Em 4 edições do evento, avaliou em âmbito profissional mais de 2000 jogos distintos dentre as competições BIG Starter e BIG Festival, desenvolvendo amplo repertório comparativo para análise de propostas, protótipos e produtos.

Henrique Sampaio

Henrique Sampaio é graduado em Design Digital pela Anhembi Morumbi e atua na área de jornalismo desde 2005. Escreveu para publicações impressas como EGM Brasil, Edge e Nintendo World, foi redator do UOL Jogos e editor do canal de games do Terra e Arena iG. Em 2009, lecionou no curso de Jogos Digitais da FMU, em São Paulo. Atualmente é responsável pelo conteúdo editorial do site Overloadr, o qual ele é co-fundador, e atua como editor da revista Mundo Estranho Games, publicada pela Editora Abril.

Pablo Miyazawa

Pablo Miyazawa é jornalista especializado em entretenimento. É atualmente o editor-chefe do site IGN Brasil, versão nacional do maior portal de games e cultura pop do mundo. Foi o editor-chefe da edição brasileira da “Rolling Stone” e editou publicações para o público infanto-juvenil como “Herói”, “EGM Brasil”, “Nintendo World“, “Pokémon Club” e “Clube“. Colaborou com os jornais “Folha de S. Paulo” e “O Estado de São Paulo”, e as revistas “SET”, “MTV”, “Status”, “Super Interessante” e “Play”, sempre escrevendo sobre cultura pop. Também foi um dos fundadores do extinto coletivo de blogs Gardenal.org.

Saulo Camarotti

Saulo Camarotti é formado em Ciência da Computação pela Universidade de Brasília e pós-graduado em Jogos Digitais no IESB-DF, além de co-fundador da Behold Studios, criadora dos premiados Knights of Pen & Paper e Chroma Squad. Com mais de 40 prêmios e nomeações internacionais, os jogos do estúdio atingiriam mais de 2 milhões de jogadores por todo o mundo, em jogos principalmente para Mobile e PC. Atualmente, Saulo é Diretor Regional do Centro-Oeste da Abragames, responsável pelo BRING – Mostra Brasiliense de Indie Games e produtor de jogos e diretor criativo na Behold Studios.

Compartilhe

Deixe uma resposta