CIRCUITO SPCINE COMEMORA ANIVERSÁRIO COM PROGRAMAÇÃO INFANTIL E CLÁSSICOS DO CINEMA

Guilherme MarianoNotíciasLeave a Comment

1,2 milhão de espectadores em 26,3 mil sessões. Este é um rápido e maiúsculo balanço da trajetória do Circuito Spcine, que completou três anos de vida em 30 de março.

Para comemorar a data especial, a rede de salas de cinema exibe, até 1º de maio, uma seleção de filmes infanto-juvenis nas salas nos CEUs (Centros Educacionais Unificados), no Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes e na Biblioteca Roberto Santos.

Estão na lista a animação “Tito e os Pássaros” (foto 1 | foto 2), de Gustavo Steinberg, André Catoto e Gabriel Bitar; a aventura adolescente “Sobre Rodas” (foto 1 | foto 2), de Mauro D’Addio; e “Cinderela Pop”, estrelado pela Maísa e dirigido por Bruno Garotti.

A comemoração continua com uma homenagem ao cinema. Os clássicos “Cantando na Chuva”, “” e “O Jogador” entram na programação do “Quarta na Faixa”, na sala que o Circuito Spcine mantém na Biblioteca Roberto Santos. Os filmes serão exibidos sempre às quartas, de 10 a 24 de abril, gratuitamente.

Inaugurado em 2016, o Circuito Spcine é a principal rede de salas públicas de cinema do Brasil. Possui 20 espaços, dos quais 15 localizados em CEUs (Centros Educacionais Unificados) e cinco em centros culturais.

Com equipamentos de som e imagem digitais, o Circuito Spcine apresenta semanalmente uma programação repleta de filmes nacionais e internacionais. Entre suas missões estão democratizar o acesso ao cinema e garantir mais telas para o cinema nacional. 

Cineclube Spcine

Aproveitando as comemorações de aniversário, o Circuito Spcine abre inscrições para o Programa de Ação Cineclubista na próximasegunda (15/4). A iniciativa estimula cineclubistas, cineastas, curadores, produtores e programadores a promover sessões seguidas de debates em qualquer uma das 20 salas da rede. 

SERVIÇO

Comemoração com filmes infanto-juvenis 

Tito e os Pássaros, de Gustavo Steinberg, André Catoto e Gabriel Bitar
Até 10 de abril nas salas do Circuito nos CEUs, Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes e Biblioteca Roberto Santos. Confira horários e salas em www.circuitospcine.com.br.

Tito é um menino tímido de 10 anos que vive com sua mãe. De repente, uma estranha epidemia começa a se espalhar, fazendo com que pessoas fiquem doentes quando se assustam. Tito rapidamente descobre que a cura está relacionada à pesquisa feita por seu pai ausente sobre o canto dos pássaros. Ele embarca numa jornada com seus amigos para salvar o mundo da epidemia. A busca de Tito pelo antídoto se torna uma jornada para encontrar seu pai ausente e sua própria identidade. 

Sobre Rodas, de Mauro D’Addio
Entre 11 e 24 de abril nas salas do Circuito nos CEUs, Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes e Biblioteca Roberto Santos. 

O filme conta a história de Lucas (Cauã Martins), de 13 anos, que volta a escola depois de um acidente que o deixou sem movimento nas pernas. Lá, ele conhece Laís (Lara Boldorini), também com 13 anos, e juntos partem por estradas de terra interioranas – em busca do pai que a menina nunca conheceu. Nesta aventura eles acabam conhecendo um ao outro. 

Cinderela Pop, estrelado pela Maísa e dirigido por Bruno Garotti
Entre 25 de abril e 1º de maio nas salas do Circuito nos CEUs, Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes e Biblioteca Roberto Santos. 

Cintia Dorella (Maisa Silva) é uma adolescente que descobre uma traição no casamento dos pais. Descrente no amor, ela vai morar na casa da tia e passa a trabalhar como DJ, se tornando a Cinderela Pop. Mas ela não esperava que um príncipe encantado pudesse fazê-la se apaixonar. 

Seleção de clássicos do cinema no Quarta na Faixa, na sala Spcine Roberto Santos 

Cantando na Chuva, de Gene Kelly e Stanley Donen
10 de abril, às 19h

Don Lockwood (Gene Kelly) e Lina Lamont (Jean Hagen) são dois dos astros mais famosos da época do cinema mudo em Hollywood. Seus filmes são um verdadeiro sucesso de público e as revistas inclusive apostam num relacionamento mais íntimo entre os dois, o que não existe na realidade. Mas uma novidade no mundo do cinema chega para mudar totalmente a situação de ambos no mundo da fama: o cinema falado, que logo se torna a nova moda entre os espectadores. 

, de Federico Fellini
17 de abril, às 19h

Prestes a rodar sua próxima obra, o cineasta Guido Anselmi (Marcello Mastroianni) ainda não tem ideia de como será o filme. Mergulhado em uma crise existencial e pressionado pelo produtor, pela mulher, pela amante e pelos amigos, ele se interna em uma estação de águas e passa a misturar o passado com o presente, ficção com realidade. 

O jogador, de Robert Altman
24 de abril, às 19h

Executivo de estúdio (Tim Robbins) pressionado por série de fracassos de bilheteria consecutivos começa a receber ameaças anônimas. Obcecado com as mensagens, ele mata o roteirista que acredita ser o responsável e tenta driblar as investigações policiais.

Compartilhe

Deixe uma resposta