Cinco cineclubes para descobrir em São Paulo

Nathalia HenriqueDestaque, Notícias0 Comments

Espaços de trocas, debates e aproximação entre o público e o cinema, a prática cineclubista no Brasil tem origem no carioca Chaplin Club, em 1928. Na capital paulista, Paulo Emílio, Décio de Almeida Prado e Lourival Gomes Machado fundaram, em 1940, o Clube de Cinema de São Paulo, marco da cena paulistana.   

De lá pra cá, o movimento só cresceu. Tem cineclube em viela, laje, campo de futebol. E em sala de cinema. Desde junho, o Circuito Spcine também faz parte desta rede.

Com o Programa de Ação Cineclubista, as 2o salas do circuito passam a receber atividades de reflexão e discussão sobre conteúdos audiovisuais. As propostas são todas de cineastas, curadores, professores e demais entusiastas. (Clique aqui para saber mais sobre a iniciativa)

No último dia 13, a Spcine reuniu representantes de diversos cineclubes de referência em São Paulo para o lançamento do programa. Experiências de norte a sul da cidade, que reúnem dezenas, centenas de pessoas em torno da sétima arte.

Abaixo, apresentamos cinco dessas experiências:

Mundo em Foco

Formado por jovens engajados com questões sociais, o Mundo em Foco vem fortalecendo as ações culturais em Ermelino Matarazzo, na Zona Leste de São Paulo,  estimulando o diálogo sobre arte. Todo mês, além do Cineclube Mundo em Foco, com exibição de filmes e videoclipes, o espaço recebe o Cine Tiquinho, sessões temáticas para alunos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), e o Saraudiovisual, encontro poético com intervenções visuais. O grupo ainda realiza oficinas, exposições e produz conteúdos audiovisuais.
Endereço: Rua Maria de Nazaré, 180, Ermelino Matarazzo
Facebook: Mundo em Foco
 Cine Campana
Uma das atividades do Coletivo Rua – Juventude Anticapitalista, o cineclube acontece toda primeira quarta-feira do mês no Centro Cultural Grajaú e toda última quinta-feira na Casa de Cultura Popular do M’boi Mirim. Os encontros sempre trazem filmes que geram discussões sobre as políticas afirmativas e direitos da juventude.
Endereço: Centro Cultural Grajaú – Rua Professor Oscar Barreto Filho, 252, Parque América
Casa de Cultura de M’Boi Mirim –  Av. Inácio Dias da Silva, s/nº – Piraporinha
Facebook: Cine Campana
Cine Campinho
Quem disse que o campinho é só para praticar esporte? Fortalecendo os vínculos comunitários, o projeto que surgiu em 2007 no bairro Jd. Bandeirantes é referência. Todo terceiro sábado do mês, às 17h, a bola para pro filme começar.
Endereço: Rua Aléssio Prati, s/n, Guaianazes
Redes sociais: Cine Campinho
 
Cineclube Cinema Paradiso
Economistas, educomunicadores, professores, sociólogos. Desde 1995, o Cine Paradiso se reúne quinzenalmente, sempre aos domingos, para debater os filmes exibidos nos cinemas. Não há regras e nem dinâmica pré-estabelecida, tudo flui com muitas trocas sobre a produção audiovisual de ontem e hoje.
Cine Favelas 
Usando o cinema como forma de inclusão social, o Cine Favela é o primeiro cinema da comunidade de Heliópolis. Criado em 2003, as exibições acontecem toda quarta-feira, às 18h. E melhor, a comunidade que manda na programação.
Endereço: Rua do Pacificador, 288, Heliópolis
Site: www.cinefavela.org.br

Compartilhe

Deixe uma resposta