Anima Mundi chega a SP com LAB Spcine e 400 animações

spcineAgenda1 Comment

Maior festival de animação das Américas e segundo maior evento internacional da área, o Anima Mundi chega ao seu 24º ano com uma série de novidades. Entre os dias 2 e 6 de novembro, a Cinemateca Brasileira e o Caixa Belas Artes recebem mais de 400 curtas, seis longas, palestras, encontros e o Anima Forum. 

Se nas primeiras edições do festival, no início dos anos 90, a animação brasileira ainda era incipiente, hoje o cenário é outro. Parte do mérito pode ser atribuída ao evento, que sempre promoveu encontros para todos os interessados terem acesso ao melhor da produção mundial de animação, o que gerou mudanças no setor, dando origem a novos investimentos na produção de animação brasileira.

Os 108 filmes nacionais selecionados neste ano comprovam esta alta produtividade. Uma sessão batizada de “Animação em Série” vai mostrar as novidades brasileiras neste formato, tema presente também no Anima Forum, espaço do festival dedicado ao debate de questões fundamentais para o desenvolvimento da animação brasileira.

As produções estrangeiras chegam de 45 países, incluindo Estados Unidos, Canadá, Holanda, Alemanha, Rússia, Portugal, Irã, Argentina, Itália, Chile, Moçambique, Japão, Grécia, Turquia e Austrália.

Longa que despertou a atenção do júri do último Festival de Cannes, quando recebeu o Prêmio Especial do Júri na mostra ‘Un Certain Regard’, ‘The Red Turtle’ terá a sua primeira exibição no Brasil dentro do Anima Mundi. A aventura de tons ecológicos marca a estreia do diretor holandês Michael Dudok de Wit (Oscar em 2001 pelo curta ‘Father and Daughter’) em longa-metragem. O filme foi produzido na França em parceria com o tradicional Studio Ghibli, do Japão.

Na programação do Papo Animado – encontros com animadores convidados de todo o mundo -,  o homenageado brasileiro do ano será o animador Cesar Cabral, autor do premiado “Dossiê Rê Bordosa” e especialista em stop-motion. No próximo ano, ele lançará o seu primeiro longa-metragem. No Anima Mundi, vai falar sobre a construção de bonecos para filmes de animação, entre outros tópicos.

Além de Cesar Cabral, o Papo Animado vai receber as presenças do francês Marc Jousset – produtor de “O Menino da Floresta” e diretor de arte de “Persépolis” – e do alemão Jacob Frey, vencedor do Anima Mundi 2015 (Melhor Filme Infantil) com o curta ‘O Presente’. Eles vão contar para o público sobre o seu processo criativo e também mostrarão trechos de suas obras em sessões especiais. O longa ‘Persépolis’ será exibido, por exemplo, em duas sessões na Maison de France.

Anima Forum + LAB Spcine 

Outra participação aguardada é a do americano Cassidy Curtis, diretor de animação do Google convidado pela Spcine, que vem falar sobre o projeto Google Spotlight Stories, que consiste em criar uma realidade virtual em um filme interativo de animação em 360 graus. Ele apresentará ‘Pearl’, curta feito com a nova tecnologia e que poderá ser visto nos mais variados aparelhos, de telefones celulares a capacetes de realidade virtual. ‘Pearl’ teve a direção de Patrick Osborne, vencedor do Oscar em 2015 por ‘Feast’.

A apresentação de Cassidy faz parte do 11º Anima Forum, evento integrante do Anima Mundi que promove mesas de debate e Master Classes para um público de iniciados. Este ano, o Anima Forum vai ainda debater temas como o licenciamento de produtos e personagens de animação, voice talent, novos formatos de exibição e os novos caminhos para projetos publicitários. Assim como no ano passado, o Forum acontecerá no Rio e em São Paulo também.

Cassidy participará ainda do LAB Spcine, atividade de formação realizada pela empresa, compartilhando seu conhecimento com profissionais selecionados por sua experiência com realidade virtual,  no dia 3 de novembro, no Senac Lapa.

Para conferir a programação completa do evento, acesse www.animamundi.com.br.

Compartilhe

One Comment on “Anima Mundi chega a SP com LAB Spcine e 400 animações”

Deixe uma resposta