Prefeitura de São Paulo lança consulta pública do edital de atração de filmagens à capital paulista

SpcineNotíciasLeave a Comment

 

Pela primeira vez, Brasil terá uma política formal de atração de filmagens por meio de cash Rebate

 

Edital terá ainda cláusula da pandemia de Covid -19; compromisso em neutralizar a geração de gases de efeito estufa; e contempla o plano de políticas afirmativa da Spcine, criado em setembro de 2019, para estabelecer mecanismos de inclusão de raça e gênero no audiovisual

 

A Prefeitura de São Paulo lança, nesta terça-feira (09), consulta pública do “Programa de Atração de Filmagens à Cidade de São Paulo”. A iniciativa é uma parceria da Secretaria Municipal de Cultura e da Spcine e conta com recursos da Secretaria Municipal de Turismo, por se tratar de uma ação de promoção da cidade.

O objetivo deste edital é promover a cidade de São Paulo a partir da seleção e apoio financeiro, via cash rebate (reembolso), para produções nacionais e internacionais que escolham a cidade como cenário. Trata- se de uma iniciativa pioneira em todo o Brasil, que coloca a cidade de São Paulo em consonância com outros 97 governos nacionais e locais em todo o mundo, como Portugal, México, Estados Unidos, Colômbia, Nova York, Madri e Londres que já utilizam o mecanismo de atração a filmagens.

Trata-se de uma ação que valoriza produções com profissionais negros e mulheres em posição de comando e segue o plano de políticas afirmativas da Spcine, mecanismo de inclusão de raça e gênero em todos os editais lançados pela empresa.

O programa traz linhas de financiamento tanto para produções internacionais quanto para produções brasileiras de alto potencial internacional. Além disso, permite estimular produções publicitárias internacionais de grande impacto e obras que incluam São Paulo na narrativa.

A iniciativa é ainda comprometida com a sustentabilidade, e o primeiro do mundo a neutralizar 100% as emissões de carbono geradas pela produção, a partir do estoque municipal de créditos de carbono gerados pelo projeto de produção de energia limpa de dois aterros sanitários municipais.

O programa de atração paulistano também é o primeiro a apresentar expressamente uma cláusula sobre impacto de pandemias, com o intuito de proteger empregos de produções que são afetadas com paralisações.

“Trata-se de um edital muito aguardado por produções internacionais, e que responde também a uma demanda do setor audiovisual brasileiro, na medida em que trará um impacto positivo na geração de empregos e atração de investimentos para a cidade de São Paulo, que foi fortemente impactada pelos efeitos econômicos da Covid -19”, afirma Laís Bodanzky, presidente da Spcine.

 

Linhas de incentivo:

O edital do Programa de Atração de Filmagens à Cidade de São Paulo será

dividido em cinco módulos:

  • Módulo 1 – Produções Internacionais filmadas no município de São Paulo/SP com grande potencial de internacionalização. A linha prevê um reembolso parcial de 20% a 30% desde que haja um gasto mínimo de R$ 2 milhões. Podem participar longas-metragens (ficção ou animação) e séries (ficção, animação ou reality shows);

 

  • Módulo 2 – Produções Nacionais com grande potencial de Internacionalização filmadas em São Paulo – reembolso de 20% a 30% para um gasto mínimo de R$ 2 milhões na cidade. Podem participar longas-metragens (ficção ou animação) e séries (ficção, animação ou reality shows);

 

  • Módulo 3 – Campanhas publicitárias estrangeiras filmadas em São Paulo com gasto mínimo de R$ 2 milhões – poderão obter reembolso de 20% a 30%;

 

  • Módulo 4 – Roteiros de Produções Internacionais: esta linha vai conceder prêmios de valor fixo para produções que incluam explicitamente a cidade de São Paulo em suas narrativas ou apresentem personagens paulistanos;

 

  • Módulo 5 – Prospecção de locação para representantes de produtora estrangeira que pretendem filmar em São Paulo: apoio financeiro para gastos em viagens para a capital paulista. Podem participar longas-metragens (ficção ou animação) e séries (ficção, animação ou reality shows).

 

São Paulo Audiovisual:

Capital financeira, tecnológica e cultural do país, São Paulo representa 25% da participação brasileira no mercado de filmes e conta com a segunda maior Film Commission da América Latina.

Desde 2016, aproximadamente, 4 mil obras audiovisuais foram rodadas em São Paulo, contribuindo para a geração de mais de 87 mil postos de trabalho e uma movimentação financeira de pelo menos R$ 1,7 bilhão em orçamentos declarados.

A megaprodução Conquest, produzida pelo ator Keanu Reeves, e as séries Black Mirror e Sense8, das irmãs Lilly e Lana Wachowski, por exemplo, foram produções internacionais recentes exploraram os cenários de São Paulo por meio de filmagens articuladas pela São Paulo Film Commission.

 

Sobre a consulta pública:

A consulta pública do “Programa de Atração de Filmagens à Cidade de São Paulo” será realizada no período de 09 de junho a 24 de julho.

Sugestões e comentários para este edital podem ser enviados exclusivamente pelo link: https://spfilm.typeform.com/to/zNsxck, contendo as seguintes informações: identificação da pessoa que está contribuindo, menção ao artigo ou item a ser alterado, apresentação de texto para substituição e justificativa fundamentada para esta modificação.

Estão previstas ainda duas audiências públicas, uma nacional e outra internacional, para debater o edital. As datas e as formas de participação serão divulgadas em breve.

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe uma resposta